Resenha: O diário de um mago – Paulo Coelho (livro)

05:22

Essa resenha pode conter alguns spoilers, mas nada que venha a prejudicar sua leitura. Eu acho. Em todo caso, leia com moderação :D

Oi pessoal!! Tudo bem com vocês? O verão nem começou e eu já cansei dele. Detesto. Enfim. Decidi que todo livro que eu ler vou fazer uma resenha! Tenho constantes lapsos de memória, e escrever vai fazer com que eu nunca me esqueça do que senti ao final de cada livro! E algumas dessas resenhas eu vou postar aqui.
Esta foi a primeira vez que li algo escrito por Paulo Coelho, o autor que ou você odeia, ou você ama, segundo muitos críticos. Mas como eu não sou hipócrita, e detesto essa gente que cria pré-conceito sobre as coisas sem nem ao menos conhecê-las, eu fui ler algum livro. E não foi tããããão ruim quanto achei que seria.

Eu não sabia NADA a respeito de “O diário de um mago”. Até me surpreendi quando percebi que o personagem principal do livro era o próprio Paulo Coelho HAHAHAHA. O livro é realmente um diário baseado nos escritos feitos pelo autor durante sua peregrinação pelo Caminho de Santiago de Compostela.

Algumas imagens da paisagem ao longo do Caminho.
"O Caminho de Santiago de Compostela é um percurso percorrido por peregrinos para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior. Quem o percorre tem a indulgência plena de todos os pecados. Já foi considerado Patrimônio da Humanidade, um itinerário espiritual e cultural. Além dele existem ainda outros 2 caminhos considerados sagrados."

Durante o percurso ele tem o mago Petrus como guia, e este lhe ensina as práticas de RAM além de compartilhar outras experiências em magia. Paulo pratica rituais, expulsa demônios (sim, literalmente), fala línguas estranhas e vê a própria morte. Mas se você espera que seja um livro cheio de ação e coisas interessantes acontecendo a todo momento, pode se decepcionar, porque o livro é bem parado. Tem bastante conversa e reflexões na maior parte do tempo.



“Quando você viaja, está experimentando de maneira muito prática o ato de Renascer. Está diante de situações completamente novas, o dia passa mais devagar e na maior parte das vezes não compreende a língua que as pessoas estão falando. Com isto, você passa a dar muito mais importância às coisas que te cercam, porque delas depende a sua própria sobrevivência (...). Ao mesmo tempo como todas as coisas são novas, você enxerga apenas a beleza nelas, e fica mais feliz em estar vivo.”- Petrus, sobre o Caminho de Santiago. 
Para ler este livro você precisa ter a mente aberta a qualquer tipo de assunto religioso. Ele envolve muito misticismo, uma mistura de cristianismo com paganismo e muitas outras influências, que eu, leiga como sou, desconheço. Algumas vezes ele parece ser um livro de auto-ajuda também, mas na verdade ele não se foca muito em um gênero específico, o que pode torná-lo um tanto superficial. O próprio Paulo já disse que “Não é um livro para ensinar alguma coisa, quero antes partilhar experiências”. 


Apesar de ele explicar muitos dos eventos místicos que acontecem, algumas coisas ficam mal esclarecidas, e outras muito (MUITO) fantasiosa, fazendo parecer uma obra de ficção. Como por exemplo, o ritual de fincar a unha na carne embaixo de outra unha toda vez que pensar em algo "ruim"; ou quando Paulo luta contra o cachorro que na verdade está possuído por um demônio; ou quando ele fica batendo um papo de boas com o seu demônio enquanto faz meditação (esse é do "bem" o outro não. Dá pra entender?)... Sabe? São coisas que não consegui levar à sério. É viajem demais (minha opinião). Mas o livro possui algumas passagens interessantes, com indagações à algumas citações da bíblia, e disso eu gostei. De cada acontecimento o autor tira um aprendizado, e isso é bem bacana. Muitos deles baseiam-se em passagens da bíblia, e se a gente quiser pode utilizar na nossa própria vida.

“Quando o Filho do Pai desceu à terra, ele trouxe o Amor. Mas como a humanidade só consegue entender o amor com sofrimento e sacrifício, terminaram por crucificá-lo. Se não fosse assim, ninguém acreditaria em seu amor, já que todos estavam acostumados a sofrer diariamente com suas próprias paixões.” – Petrus, sobre o Amor.
É um livro fácil de ler, mas, como eu já disse, se você não tiver uma mente aberta, não adianta forçar que você não vai gostar. Portanto, não é um livro que eu recomendo a todo mundo. Fico na dúvida se o livro é bom ou não. Na verdade ele se encaixa no quesito "Interessante" hahaha.


Bom, era isso. Olha só! Fiz uma resenha muito mais positiva do que imaginei que faria!! Estou impressionada haha. Pretendo ler algum outro livro dele, para realmente ter uma opinião crítica sobre sua escrita... Mas não agora. Tem que ter paciência! Vocês já leram livros do Paulo Coelho? Odeiam? Amam? Me contem! Beijos, e até mais!

You Might Also Like

16 comentários

  1. Sempre que alguém comenta sobre o Paulo Coelho, é com aquele ar de deboche, mas ninguém nunca me disse o porque dele ser tão criticado. Como pessoa ele até parece um cara bacana, agora como autor, eu teria que ler, mas sei que não é um estilo que eu tenha interesse. hahahahaha Mas já deu pra ter uma noção através da sua resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm gostaria de saber, sinceramente. Esses dias li um artigo em um site que explica um pouco o porquê de ser odiado, mas é uma critica bem tendensiosa porque fica evidente que o cara odeia o paulo coelho hahahah
      http://anivelde.org/sorryperiferia/2012/08/09/critica-literaria-a-mosca-na-sopa-do-ego-de-paulo-coelho.htm/comment-page-1
      Dps se quiser ler... Eu ainda tenho que ler mais livros pra tirar uma conclusão disso...

      Excluir
    2. Para ser sincera eu não gosto dele (como autor, não compreenda mal), não que eu gaste todas as minhas forças e energias para criticá-lo. Apenas não é meu gosto. O por que de as pessoas o criticarem é que o autor fala o obvio, ele apenas escreve o que está na cara e é muito repetitivo quanto a vários tópicos, principalmente quando remetem a descoberta de si mesmo. Por isso eu e outras pessoas acham a narrativa tediosa e desinteressante!
      sono-otaku-sekaide.blogspot.com.br

      Kissus~

      Excluir
    3. Compreendo. Já ouvi pessoas dizendo o mesmo que você Mio-chan. Minha amiga que já leu vários livros dele diz que às vezes dá uma sensação de "já li isso em algum lugar", o que ao meu ver pode indicar falta de criatividade.

      Excluir
    4. No meu caso, li O Alquimista e O Diário De Um Mago. Gostei dos dois, mais do Alquimista(gostei muito).
      Percebo sempre sobre o autor Paulo Coelho, os comentários do tipo amo e odeio. Nos casos de comentários sem a leitura da obra, pra mim é ignorado, pois não sei como a pessoa pode afirmar negativamente sem conhecer.

      Diante de tantos comentários sobre livros, gostaria de saber a opinião de vocês, sobre o que gostariam de encontrar num livro? Qual o gênero preferido e o que busca dentro do gênero preferido?

      Ficarei grato pelos comentários.
      Grande abraço a todos!

      Excluir
  2. Heey ( ´ ▽ ` )ノ Nunca li nenhum livro do Paulo Coelho, mas não sei, acho que não vou gostar porque não gosto muito de livros assim :P Mas quem sabe um dia eu leia algum dele, né? haha.
    Beijos | Counting Stars

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe né, Gabs? Alguns livros só conseguimos apreciar quando estamos prontos pra ele! Isso já aconteceu cmg muitas vezes, e eu me surpreendi!
      Obrigada por comentar s2 beijo!

      Excluir
  3. Eu já li sim alguns dos livros de Paulo Coelho, e posso dizer que eu gosto dele, huiehueiheu' Eu tenho alguns livros dele, mesmo muita gente achando que é fantasioso demais, achando que é imaginação dele, achando ridiculo por causa do preconceito... mas o que ele diz querendo ou não é tudo verdade Ç-Ç Acho que muita gente odeia ele porque não concorda, eu sou do tipo que AMO os livros que ele escreve, ele eu não estou nem aí!
    Mas nunca li essse livro, vou ler ;)

    MadnesShoujo | [visite]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso eu disse que para ler os livros dele tem que ter mente aberta! As partes que não gostei são porque é difícil pra mim acreditar. Mas você acredita e gosta, e que bom! hahahah
      Bom ver um comentário positivo sobre o autor por aqui!
      Você vai gostar desse livro, tenho certeza!

      Excluir
  4. Eu infelizmente sou uma pessoa nada intelectual, eu até gostaria de me interessar por esse tipo de literatura mais para mim livro sem romance não é livro.
    Mas acho interessante o autor se colocar como próprio personagem do livro e fazer uma biografia de uma forma tão diferente. Só podia mesmo ser o Paulo Coelho.
    Nunca li um livro do autor, mas o que eu ouço falar não é preciso nem ler para respeitar alguém que tem uma mente como a dele.

    http://garotapassageira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, admito que o livro é bem diferente e interessante, como eu já disse. Esse é um dos motivos por ele ser tão conhecido no exterior!
      Obrigada pelo comentário :)

      Excluir
  5. Tamo junto detestando o verão.
    Resenhas <3
    Diariod e um Mago foi o segundo livro que li do Paulo Coelho (primeiro foi Brida) e eu fui surpreendida também.
    Eu li bem sem me preocupar mesmo. Até tentei fazer as paradas que ele dá as dicas (consegui não #chatiada). Eu achei muito interessante, foi dai que comecei a me
    interessar por esse tipo de coisa. Tipo, acho que eu nao estranhei tanto por 2 motivos: 1. eu tava lendo meio q como se fosse uma fantasia as vezes eu esquecia
    que era um relato dele, entao se a narrativa estava boa, estava tudo bom. 2. pra mim nada é impossivel até que se prove ao contrário, entao se o cara ta falando, vai que neh?
    Eu gostei desses livros dele, se cair outros na minha mao eu leio de boa. Acho ele um cara bem lega. A influencia que ele aqui e lá no exterior, me sinto orgulhosa
    tendo um escritor assim no nosso pais.

    P de Paranoia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, os rituais precisam de muita concentração! Tenho problemas com isso hehe
      Sim, ele é o escritor brasileiro mais conhecido no exterior! Vários tentaram mais nunca conseguiram xD
      Que bom que você gostou! Eu estou pensando em ler Valkirias! Dizem que é bacana! (:

      Excluir
  6. Achei essa capa fodástica, mas não sei se leria o livro, não é muito meu estilo sabe? Enfim, sua resenha ficou ótima, bem explicativa.

    http://sublimecapital.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não cheguei a ler esse livro do Paulo Coelho, mas os que li/conheço eu gostei bastante. O estilo dele me agrada.
    E estou um pouco enferrujada com os livros, preciso voltar a comprar e voltar a ter aquelas ótimas sensações de quando acabamos um bom livro, e aquele vazio no peito por ele ter terminado ♥
    Se você pudesse me dar alguma dica de um livro eu ficaria feliz *-* Não tenho um gênero preferido, mas adoro suas resenhas, então quem sabe pode me indicar algum!
    Até mais ~

    http://ruadasbegonias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, Mari!! Adoraria <3 aliás meus ultimos posts foram sobre livros! Vê se tens algum que lhe agrade! Pretendo fazer mais resenhas no futuro :)

      Excluir

Facebook

Instagram