Resenha - Na Natureza Selvagem (filme) + download

10:53


Oi todo mundo <3 Como vocês estão? Uma coisa eu pude aproveitar do tédio: a vontade de ler, ver filmes, e de escrever. Hoje eu trago pra vocês mais uma resenha, mas desta vez é do meu mais novo filme favorito "Into the Wild" (ou Na Natureza Selvagem). Aproveitem!



Dificilmente eu teria conhecido essa belíssima história se não fosse minha amiga Polly. Obrigada!


Into de Wild (Na natureza Selvagem) é um filme (drama) de 2007, adaptado a partir do livro (1996), escrito por Jon Krakauer. É a história real de Christopher McCandless, que aos 22 anos, deixou a família e o dinheiro, para se aventurar rumo ao Alasca! Pegando carona, atravessando rios em canoas, e principalmente a pé, Chris conhece pessoas incríveis, um senhor muito amoroso (interpretado por Hal Holbrook) dentre muitos outros. Ele vai até mesmo para o México! Apenas ele e o mínimo que precisa para viver.



Mas a essência do filme não é essa. Não é a viagem em si, mas o porquê ele fez a viagem. E talvez você precise vez o filme mais de uma vez pra pegar isso em totalidade. Chris não é simplesmente um garoto rebelde sem-causa ou um hipócrita. Chris se formou e só tirava notas altas, era um bom menino, amante de livros... Mas ele teve seus motivos para fazer o que fez. Sua motivação vai muito além da raiva; ele queria despir todas as falsas aparências muito bem arquitetadas por seus pais para ele e encontrar a si mesmo. E inspirado nos livros que lia, foi em busca disso no isolamento dentro da natureza selvagem. 



Chris estava farto da vida de aparências da sua família, da obsessão das pessoas pelo dinheiro, o constante julgamento cruel da sociedade que tenta ditar o que devemos ser/fazer, a política, a sociedade... A SOCIEDADE TODA! (SOCIETY! haha) Ele só queria ir pro Alasca e quando chegasse lá iria viver o momento, intimamente com a natureza, longe de tudo e de todos! NA PAZ! Comunhão intima com o mundo selvagem. Se purificar de toda materialidade. Não é um bonito ideal? Mas nem tudo são flores, assim como tudo na vida. Ele passa por todo tipo de dificuldade, fome, medo... Mas nunca pensou em voltar a traz, para a vida que o aprisionava. Não é à toa que Chris é considerado por muitos como um “símbolo de resistência”.



No decorrer do filme nós vamos entendendo melhor a história, e o motivo para Chris deixar tudo pra trás. Passam flashbacks, que muitas vezes são narrados pela irmã de Chris, Carine (Jena Malone). Aliás, eu adorei isso: o diretor Sean Penn juntou a narrativa da irmã e trechos dos diários de Chris. Isso deixou o filme mais próximo da realidade. Ficou muito bacana. Esses diários e demais rabiscos de Chris iriam dar origem ao livro, do qual eu já falei. Tem muitas frases lindas. Muitas delas estão no filme.


"A felicidade só é real, quando compartilhada"

"Eu li em algum lugar que o importante na vida não é necessariamente ser forte, mas se sentir forte."


O elenco está ótimo. Emile Hirsch ficou muito idêntico ao Chris! Hal Holbrook sinceramente está impecável, de uma sensibilidade incrível e emocionante. Sério. A cena com eles dois... De chorar! Na verdade todos os personagens são demais! Dá vontade de ficar horas e horas junto com eles. O filme como um todo é muito bonito. Lugares lindos que foram muito bem retratados. Além disso, ele não segue uma linha contínua de tempo, então, as vezes estamos no futuro, e em outras estamos no passado. Vale a pena ver o filme mais de uma vez para perceber todos os detalhes! Outra coisa que é incrível, é a trilha sonora! Combinou perfeitamente (Eddie Vedder!)! Uma bem bacana pra vocês:


Esse é o verdadeiro Christopher McCandless e essa foto foi tirada de sua câmera e revelada posteriormente.
Muitas pessoas julgaram Chris por abandonar os pais e deixá-los preocupados sem notícias, o chamando de inconsequente. Outros, assim como eu, o têm como uma inspiração. E você? O que acha? Assista o filme e tire suas próprias conclusões! ;)
E se deixe inspirar!
Antes de ir, vejam o trailer legendado:



 Baixar
Esse download é pelo torrent apenas!
 Assistir

Poxa, me empolguei e escrevi demais! É que eu adorei esse filme, a história e tudo mais T_T Estou com medo de ninguém ler haha Mas sério, eu recomendo ele a TODOS vocês! Já vi ele 4 VEZES, e to pensando em ver de novo hoje HAHAHAHAH
Beijos, e até mais!

You Might Also Like

6 comentários

  1. McCandless teve uma história fantástica, eu sempre quis ter a coragem que ele teve...
    O filme é lindo, bela fotografia, trilha sonora então nem se fala... doada pelo Eddie Vedder, não tem como ser melhor...maaas... como em vários casos fico com aquela opinião chatinha sobre "o livro é melhor que o filme"
    Mas, Into the Wild com toda a certeza está na lista de meus filmes favoritos, mostrando como nada do que consideramos ser indispensável realmente é indispensável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou fazendo o contrário: estou lendo o livro só agora. Ainda não vou dizer que o livro é melhor porque ainda não terminei... Mas geralmente o livro ganha hahah comigo só teve uma vez que o filme foi tão quanto o livro: Orgulho e Preconceito s2

      Excluir
  2. Sem dúvida, é o melhor filme que vi neste ano, até o momento! Simplesmente amei cada detalhe do filme, roteiro, atuação, trilha sonora, fotografia, é tudo muito bem encaixado no filme, e sem dúvida uma das melhores coisas no filme, é a linha de tempo, que não segue uma cronologia, fazendo com que sempre que você rever Into The Wild, você vai acabar descobrindo uma coisa nova, ou pegar algum detalhe que você não tinha visto antes.
    Eu realmente amei a história do Christopher McCandless, ele de fato é um jovem inspirador, e que fez algo que muitos não tem coragem de fazer. Fica ai uma excelente recomendação de filme para quem ainda não viu, você não vai se arrepender!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ow, e pensar que foi eu quem te recomendou ele s2

      Excluir
  3. Amei sua resenha. Bem detalhada e bem feita. Vc é muito boa nisso.
    Eu gostei do filme de cara pelo nome e enquanto fui lendo sua resenha fui gostando mais e mais. Mesmo ainda não tendo assistido me identifiquei com o protagonista. Eu também tenho vontade de sair por ai e viajar (só me falta grana e a maioridade), pois assim como ele estou meio cansada da sociedade. Tudo é tão futil ultimamente. Quero descobrir quem sou de verdade sem essa coisa toda de pressão; Obrigada pela indicação.Já estou baixando. Vlw por ter posto torrent, não tem jeito melhor de baixar.
    Parabens por mais uma ótima postagem.

    P de Paranoia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nami!! Obrigada, fico muito feliz que vc tenha gostado do que demorei pra escrever! É motivador ter esse reconhecimento s2
      Espero que você goste mesmo do filme, e se se interessar, procure o livro tbm!
      Beijos!!!

      Excluir

Facebook

Instagram